13/03/2020 - Como o mundo da dança pode se preparar para o coronavírus


A disseminação do coronavírus é assustadora, não importa quem você é. Mas para dançarinos, que trabalham em estreita proximidade física um do outro, há um elemento adicional de risco.

Afinal, os dançarinos não podem "trabalhar remotamente", se houver necessidade de tal precaução, e o mundo da dança funciona por meio de grandes reuniões - aulas, apresentações, ensaios, eventos - que seremos instruídos a evitar se o situação aumenta.

As recomendações, por enquanto, são as mesmas para prevenção de qualquer outro vírus: lavar as mãos, evitar tocar o rosto e usar uma máscara se estiver doentes. (Não, por favor, não use uma máscara se estiver saudável.)

Mas o que mais o mundo da dança deveria estar fazendo? Reunimos alguns dos recursos mais úteis na preparação para o vírus:

Mantenha-se atualizado.

As informações mais recentes sobre o coronavírus do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) sempre podem ser encontradas aqui.

Utilize recursos locais.

Obtenha informações específicas sobre a sua localização. Quais medidas locais estão sendo tomadas?

Planeje os eventos com cuidado.

Se você estiver planejando uma apresentação, festival ou outro evento, leia este guia sobre o planejamento de reuniões em meio ao surto da Organização Mundial da Saúde. Se puder, adie. 

Prepare o seu negócio.

Proprietário do estúdio? Diretor da companhia? Todos os empregadores e empresários devem estar atualizados com informações sobre tudo, desde licença médica até a limpeza do seu espaço.

Lutar contra a discriminação.

Infelizmente, o coronavírus levou a um aumento no racismo e na discriminação em todo o mundo, de acordo com o Dance / NYC. 

Adapte-se à aprendizagem digital.

À medida que as escolas fecham, você pode recorrer a aprendizados online. 

Fique sã.

Preso em casa? Aproveite para fazer pesquisar, conhecer o trabalho de outros artistas, ver filmes que te inspire e, é claro, inscreva-se cursos de dança online. 

Pense no coletivo

Não necessariamente o vírus será perigoso para você, mas pode ser para o próximo. Portanto, previna-se. 

Atualizaremos esta postagem à medida que mais informações estiverem disponíveis.

Cuide-se! 

Fonte: dancemagazine.com

Voltar