24/03/2020 - Bailarinos dançam em suas casas e convidam público para dançar no projeto #danceemcasa


Profissionais da dança lançam, nesta quinta, 26 de março, o #danceemcasa, vídeos de 15 a 60 segundos compartilhados nas redes sociais. Para o público poder ver –sem sair de casa– o trabalho destes artistas, dançar junto e manter a arte e a cultura vivas, numa resistência poética e em rede. A cada quinta-feira, novas coreografias serão compartilhadas, tanto nos perfis dos autores dos vídeos quanto nas páginas agregadoras: @portalmud @agendadedanca @criticatividade @conectedance.

O objetivo é unir artistas, produtores, educadores e críticos de dança para refletir e ressignificar a quarentena com poesia e resistência. A criação de uma rede de afeto e conexão entre profissionais da dança é uma forma de dar visibilidade e apoio a esses artistas e fazer com que o isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus não acabe com as possibilidades de sobrevivência tanto dos profissionais autônomos quanto das escolas, espaços e teatros onde trabalham.

Profissionais interessados em participar só precisam postar seus vídeos no Instagram (15 segundos no Stories, 60 segundos no Feed) com a hashtag #danceemcasa e marcar as páginas para o vídeo ser compartilhado: @portalmud @agendadedanca @criticatividade @conectedance.

 

 

 

 

Profissionais da dança lançam, nesta quinta, 26/3, o #danceemcasa, vídeos de 15 a 60 segundos compartilhados nas redes sociais. Para o público poder ver --sem sair de casa-- o trabalho destes artistas, dançar junto e manter a arte e a cultura vivas, numa resistência poética e em rede. A cada quinta-feira, novas coreografias serão compartilhadas, tanto nos perfis dos autores dos vídeos quanto nas páginas agregadoras: @portalmud @agendadedanca @criticatividade @conectedance. 

O objetivo é unir artistas, produtores, educadores e críticos de dança para refletir e ressignificar a quarentena com poesia e resistência. A criação de uma rede de afeto e conexão entre profissionais da dança é uma forma de dar visibilidade e apoio a esses artistas e fazer com que o isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus não acabe com as possibilidades de sobrevivência tanto dos profissionais autônomos quanto das escolas, espaços e teatros onde trabalham. 

Pessoas interessadas em participar só precisam postar seus vídeos no Instagram (15 segundos no Stories, 60 segundos no Feed) com a hashtag #danceemcasa e marcar as páginas para o vídeo ser compartilhado: @portalmud @agendadedanca @criticatividade @conectedance

Fonte: Portal MUD

 

Voltar