18/12/2020 - Uma homenagem a Ann Reinking - A musa da Broodway e de todos nós!


Ann Ann Reinking nasceu em Seattle em 10 de novembro de 1949, treinada desde a infância no balé, pela San Francisco Ballet Company, mudou-se para Nova York aos 16 anos para estudar balé e participou na Broadway como dançarina dos musicais Coco, Wild and Wonderful e Pippin, até atrair a atenção da crítica em Over Here!, pelo qual ganhou o Theatre World Award. 

A carreira de Reinking deslanchou com a produção de Bye Bye Birdie na Seattle Opera House em 1965. No entanto, ela logo encontrou seu caminho para a Broadway, sendo escalada para o elenco de Cabaret em 1969.

Reinking também interpretou Roxie Hart no musical de sucesso Chicago, em 1977, reprisando o papel em 1996. Ela até conquistou um prêmio Tony (o equivalente ao Oscar do teatro) por sua coreografia no revival.

Outros papéis na Broadway incluem as peças Sweet Charity, Over Here! e Goodtime Charley.

Musa do cineasta Bob Fosse, diretor de Cabaret, ela se destacou na Broadway, a meca dos musicais, e é mais famosa por interpretar Roxie Hart na produção da Broadway de Chicago, em 1977. Esteve por trás das câmeras como co-criadora, co-diretora e co-coreógrafa do musical Fosse, que estreou na Broadway em 1999, e contou a história de Bob Fosse.

 Em 2002, o papel foi interpretado por Renée Zellweger no longa premiado dirigido por Rob Marshall.

Depois de engravidar, mudar-se para a Flórida e passar a trabalhar esporadicamente em musicais, em 1996 ela voltou aos palcos com a remontagem de Chicago. Prevista para uma pequena temporada off-Broadway de uma semana, a volta do musical fez tanto sucesso que foi mais uma vez levado à Broadway - com ela como dançarina, co-diretora e co-coreógrafa - e deu a Reinking o Prêmio Tony de melhor coreografia.

Nos últimos anos Renking coreografou musicais para a televisão e fundou o Broadway Theater Project, um programa de treinamento de atores na Florida, que permite a interação de estudantes de artes dramáticas com profissionais do teatro.

Voltar