22/01/2021 - 5 dicas de alimentos que não podem faltar na rotina do bailarino


Você sabia que a nossa densidade óssea é determinada pela quantidade de minerais disponíveis em nossos ossos? 

O cálcio, por exemplo, constitui grande parte de nossa massa óssea e, quanto mais temos, mais fortes são os nossos ossos.

Desde a adolescência até quase 20 anos, passamos pelo processo de construção óssea. Quando chegamos aos 30 anos, esse tecido atinge sua força e densidade máximas.

Dessa forma, dançarinos que seguem uma dieta restritiva em calorias podem acabar com baixa massa óssea, mesmo durante a juventude. Quando não corrigida, essa condição pode progredir para osteoporose ou ossos quebradiços, causando lesões. 

Embora os saltos que você faz todos os dias na aula tenham demonstrado apoiar a resistência óssea, a dieta também desempenha um papel importante.

Adicione esses alimentos ao seu plano de alimentação diária para fortalecer seu esqueleto.

*É importante lembrar que toda e qualquer dieta deve ser feita com acompanhamento de um nutricionista.

Leite, Iogurte e Queijo

Laticínios e alternativas lácteas fortificadas são embaladas com cálcio. Embora o cálcio seja o principal componente estrutural de nossos ossos, ele também desempenha um papel em nossos sistemas circulatório e nervoso. Como nossos ossos são o principal reservatório de cálcio do corpo, se o cálcio estiver em falta em nossa dieta, o corpo o drena de nosso esqueleto. Laticínios e alternativas lácteas também são abundantes em vitamina D e fósforo, que agem junto com o cálcio para apoiar a resistência e mineralização do tecido ósseo.

Sementes de Chia

Uma porção de 30 ml de chia fornece quase 20% de suas necessidades diárias de cálcio. As sementes de chia são um ingrediente versátil que pode ser incorporado em receitas como smoothies, tigelas de iogurte e aveia noturna. A chia também é uma grande fonte de gorduras ômega-3, que, em combinação com o cálcio, promove melhorias na massa óssea.

Além disso, pode ser uma boa opção para os veganos!

 

Nozes

A vitamina D, um importante nutriente de construção óssea que aumenta a absorção de cálcio, é considerada uma vitamina solúvel em gordura. Sem quantidades adequadas de gordura em sua dieta, a capacidade do corpo de absorver nutrientes solúveis em gordura é limitada. Além de serem uma fonte de gorduras insaturadas saudáveis, as nozes também são abundantes em magnésio, que é necessário para o metabolismo da vitamina D.

Vegetais com folhas verdes

A couve, espinafre e folhas escuras no geral são excelentes fontes vegetais de cálcio. Também são abundantes em vitamina C e vitamina K, que  contribuem para a produção de colágeno - uma proteína que atua como um componente estrutural primário do tecido conjuntivo e osso. Desfrute das verduras salteadas em azeite de oliva extra-virgem, que não só realça o sabor, mas também aumenta a absorção de vitaminas.

É importante ressaltar que embora seja essencial incorporar uma abundância de nutrientes que contém cálcio, os dançarinos também precisam comer comida suficiente ao longo do dia. 

A dieta de baixa caloria pode impedir o equilíbrio hormonal do corpo, reduzindo a produção de estrogênio nas mulheres e a produção de testosterona nos homens. Nosso corpo requer produção hormonal ideal para manter os ossos fortes. Por isso, não siga dietas absurdas e restritivas!

Aproveite as dicas, 

Até a próxima! 


 

Voltar