22/02/2021 - Festival "Dança em Trânsito 2021" seleciona trabalhos


Festival que aposta na pluralidade de linguagens, na experimentação, na ocupação de espaços não convencionais e urbanos, DANÇA EM TRÂNSITO está abrindo seleção para a “Vitrine Brasileira da Dança Contemporânea”, iniciativa que pretende integrar trabalhos produzidos de norte a sul do Brasil, na edição de 2021. O convite é para companhias de dança e artistas independentes de todo o país que queiram se candidatar a apresentações no Rio de Janeiro e em São Paulo, no período de 26 de julho a 4 de agosto.

Realizado há 18 anos pelas coreógrafas e diretoras Giselle Tápias e Flávia Tápias, o DANÇA EM TRÂNSITO conjuga apresentações artísticas, iniciativas de formação e capacitação e atividades de reflexão. Em 2021, o festival deverá circular por diversas cidades brasileiras. Em Brasília, será de 5 a 7 de agosto.

Para a “Vitrine Brasileira da Dança Contemporânea” serão selecionadas entre 10 e 15 propostas, inéditas ou não. A data limite para as inscrições é 15 de março.

REGULAMENTO

DANÇA EM TRÂNSITO 2021
de 26/07 a 4/08

O QUE É?

Com o objetivo de promover uma “Vitrine Brasileira da Dança Contemporânea” durante o Dança em Trânsito 2021, convidamos companhias de dança e artistas independentes de todo o território nacional a enviarem seu material e se candidatarem a participar dessa vitrine.

Selecionaremos entre 10 e 15 companhias nacionais de norte ao sul do país, para se apresentarem nessa “Vitrine” que será realizada em teatro ou espaço exterior, no Rio de Janeiro, de 26 de julho a 1 de agosto, e em São Paulo, dias 3 e 4 de agosto.

Dentre os trabalhos selecionados, alguns também poderão ser convidados a viajar por até 20 cidades brasileiras no circuito dessa edição do festival Dança em Trânsito.

Para fortalecer a difusão dos projetos e criar novas oportunidades para os artistas brasileiros, Dança em Trânsito 2021 convidará cerca de 15 representantes de Centros de criação coreográfica ou de residências, Instituições Culturais ou curadores de espaços, mostras ou festivais nacionais e internacionais, com foco na dança contemporânea, para assistir a todos os espetáculos da vitrine, com a intenção de propor aos artistas alguma ação de intercâmbio.

Por exemplo: um convite para uma residência; para aplicar uma oficina – presencial ou online; para uma conversa informal; para coreografar ou ser coreografado; para a apresentação de sua criação em outra cidade, estado ou país, entre outros.

Diariamente, após aos espetáculos, será oferecido um “aperitivo” para os participantes da “Vitrine Brasileira da Dança contemporânea” e os profissionais do mercado mundial da dança presentes. Um momento de convivência para que todos possam se conhecer melhor.

COMO SE INSCREVER?

Cada artista/ companhia deve enviar e-mail para: news@espacotapias.com.br

Até o dia 15 de março.

? Para trabalhos inéditos:
– proposta coreográfica

? Para trabalhos já estreados:
– release de até 5 linhas e fotos da coreografia
– ficha técnica completa;
– biografia de até 3 linhas dos coreógrafos;
– rider de som e luz (solicitamos o rider mais simples possível);
– link privado ou público do espetáculo ou ensaio do trabalho completo em plataformas como Youtube ou Vimeo. (Não serão aceitos arquivos anexos ou links para download dos vídeos.)

QUAIS SÃO AS CONDIÇÕES?

– Deslocamentos para as cidades do Rio de Janeiro e/ou São Paulo;
Possibilidade de deslocamentos de ônibus e/ou passagens aéreas nacionais.

Obs. O Dança em Trânsito tem um limite para concessão de passagens aéreas, então é muito importante indicar se o seu grupo tem a possibilidade de conseguir as passagens na sua cidade, com uma CARTA CONVITE DO FESTIVAL.

– Hospedagem em hotel próximo ao local de realização do Dança em Trânsito, na cidade do Rio de Janeiro no período de 26 ou 27 de julho a 2 de agosto pela manhã, e em São Paulo de 2 a 5 de agosto pela manhã, em apartamento duplo ou triplo, com café da manhã incluído.

– Translado aeroporto → Hotel → aeroporto na cidade do Rio de Janeiro e aeroporto → Hotel → aeroporto na cidade de São Paulo.

– Ajuda de custo no valor de R$ 3.000 reais por espetáculo ou performance selecionada. Este valor será pago até uma semana anterior a apresentação do trabalho.

Em 2021, incentivaremos também a criação inspirada na cultura brasileira para valorizar o que é nosso e tornar nossa rica cultura mais conhecida. O BRASIL de norte a sul e sua pluralidade. Nossos artistas, nosso folclore, cultura, música, compositores.

PROTOCOLO COVID -19

Lembramos que a presença de artistas selecionados nos estados e cidades do Festival pressupõem deslocamentos e viagens em um contexto mundial de grande instabilidade devido a expansão do vírus COVID-19. Nosso compromisso é com a segurança de todos em primeiro lugar, portanto estamos todos cientes de que a confirmação definitiva de cada participação estará sujeita às recomendações dos órgãos mundiais de saúde durante o período do evento, imprevisíveis nesse momento.

SOBRE

O Dança em Trânsito tem como característica marcante a apresentação de trabalhos de destaque no cenário atual e a ocupação de, além de espaços convencionais, espaços urbanos.

A cada nova edição, estende o acesso a novos públicos, preza pela democratização da cultura e reforça o compromisso assumido de contribuir para o fortalecimento e a divulgação da dança contemporânea brasileira. Um festival plural e itinerante, com motivação sempre crescente diante do compromisso de tornar cada vez mais visíveis, e para mais pessoas, as múltiplas expressões de arte.

Há 18 anos, o projeto abarca apresentações artísticas, formação, capacitação, reflexão e intercâmbio entre grupos de dança de diversas cidades do Brasil e do mundo. Possibilita assim as trocas de experiências entre companhias nacionais e internacionais convidadas, e incentiva o desenvolvimento da linguagem da dança contemporânea.

Giselle Tápias e Flávia Tápias

 

 

Voltar