03/09/2018 - O festival "Cubatão em Dança" deve reunir 2 mil pessoas e acontecerá dias 29 e 30 de setembro no Centro Esportivo Romerão. Este ano, conta com parceria internacional .


A cidade que tem o melhor grupo (Cia. de Dança de Cubatão) e a melhor bailarina do Festival de Dança de Joinville (Yasmin Mattos) agora realiza mais um grande evento voltado para a área. A competição é exclusiva para conjunto (não há solos nem duetos), nos estilos: balé clássico, jazz, contemporâneo, sapateados americano e irlandês, estilo livre, danças populares (nacional e internacional), dança de salão e danças urbanas.

O regulamento e as fichas de inscrição podem ser solicitados pelo endereço de correio eletrônico cubataoemdanca@gmail.com. Os grupos devem colaborar com uma taxa de inscrição que vai de R$ 15 a R$ 25, dependendo da categoria. O Festival acontecerá dias 29 e 30 de setembro, a partir das 16h, no Centro Esportivo Romerão (Rua Emb. Pedro de Toledo, 365). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 98118-0184 ou, ainda, pela página do festival nas redes sociais (face/cubataoemdanca).

Além da mostra competitiva, o festival vai oferecer oficinas de dança e palestras com importantes nomes da dança no Brasil, que serão os jurados da competição. No dia 29/9, às 8h, tem aula de contemporâneo na linha de Forsythe com o coreógrafo Vanderlei da Silva. Nesse mesmo dia, às 10h15, o workshop é com Débora Salvioni e o tema: Expressão facial e técnicas para dançar na TV.

No domingo, 30/9, às 8h, tem oficina de jazz musical com Adenis Vieira e, às 10h15, palestra "Como se preparar para dançar na TV - sonho versus realidade", com Débora Salvioni. Vale lembrar que não é obrigatório estar inscrito na mostra competitiva para participar das oficinas. Vagas podem ser reservadas também por correio eletrônico.

Festival tem parcerias internacionais - As grandes novidades desta edição são as parcerias internacionais com Festivais da Itália e de Portugal.  Na mostra de Cubatão serão selecionados conjuntos que terão isenção de taxa para se apresentarem em 2019 no Festival Livorno in Danza, na Itália. Já o Festival FND de Portugal concederá uma bolsa de estudos integral para a bailarina ou bailarino que se destacar em Cubatão. O artista poderá realizar todos os workshops do FND 2019 e terá passe livre para assistir a todas as semifinais e à final do festival português.

Cubatão em Dança - O festival agora está sob direção e organização da produtora cultural Juliana Luiz e conta com Apoio da Associação de Dança do Litoral Paulista (Adalpa). Além de beneficiar e estimular a classe artística da dança, o evento visa formação de platéia e também movimentar o setor de economia criativa.

Na sua última edição, em 2015, o Festival foi realizado num único dia e recebeu 57 trabalhos coreográficos de grupos e escolas de toda Baixada Santista, Capital e Interior, reunindo mais de 500 bailarinos e público de 1.200 pessoas. Para este ano, serão dois dias de mostra e a organização estima participação de 600 bailarinos e platéia de 2.500 pessoas.

Os jurados - Adenis Vieira: formado em balé clássico, jazz e musical com cursos de especialização na Broadway Dance Center e Steps on Broadway em NY, atuou como bailarino, assistente de coreografias em musicais pelo Brasil. Deu aulas na Escola de Atores Wolf Maya, foi assistente de coreografia do Programa Dancing Brasil2 da Record e atualmente dá aulas no Estúdio Broadway.  

Alex Lima - experiência de 14 anos no mundo da dança atuando como bailarino, coreógrafo, professor e também como jurado em outros festivais no Brasil. Realizou diversas especializações em balé clássico, moderno e contemporâneo no exterior atuando em cursos na BDC (Broadway Dance Center) de New York e na IALS (Instituto Adestramento Lavoratori dello Spettacolo) em Roma. Desde 2015 atua como representante das competições internacionais de dança Livorno in Danza na Itália e Amsterdanz da Holanda.

Débora Salvioni - Atua na TV há 8 anos e na área de eventos há quase duas décadas. Já trabalhou na Rede Globo, Record e SBT. Atualmente é influenciadora digital, coach de carreira para meninas que sonham em trabalhar na TV, professora de dança artística para TV, Treinadora para expressão facial e corporal feminina e diretora do projeto "Bailarinas da TV" - A primeira plataforma onlinede assessoria e direcionamento artístico.

Vanderlei Silva - Com mais de 30 anos na área artística, tanto nacional quanto internacional, atua como coreógrafo, bailarino intérprete, pesquisador em dança, professor, produtor artístico e coach de balé. Já participou de grandes companhias de dança no Brasil e fora do País, com passagens pela Rede Globo, SBT, Rede Vida.

Juliana Luiz - iniciou a carreira aos 8 anos de idade, ingressando no então Conservatório Municipal de Cubatão. É formada em balé clássico. Foi assistente de coreografia do Grupo Cênico da Prefeitura de Cubatão. Em parceria com dançarinos do Dança de Rua do Brasil criou o grupo feminino de Danças Urbanas - Kizomba. Também é radialista, sendo que estagiou na TV Band e na TV da Gente. Tem experiência como produtora executiva na Rede Família (afiliada à Record) e assistente de produção no SBT, diretamente com Marlene Mattos. Foi conselheira de Cultura em Cubatão (segmento Dança, no biênio 2012-2014) e professora do curso de Produção de Eventos do Senac Santos. De 2011 a 2018 fez parte da Coordenação dos Grupos Artísticos da Prefeitura de Cubatão. Além de diretora também atua como produtora executiva do Fidifest - Festival Internacional de Dança e é vice-presidente da Adalpa.

Voltar