× O ClickOnDance vai mudar! Em breve novidades sobre a nova experiência de aulas online que estamos preparando para você. Nosso portal segue com atualizações diárias e uma curadoria especial com dicas do mundo da dança. Acompanhe também nosso instagram: www.instagram.com/clickondance

12/04/2022 - O FESTIVAL INTERNACIONAL DE ECOPERFORMANCE acontece no Cine Bijou de 28 de abril a 1º de maio.


Diante dos desafios ecopolíticos do século XXI, o 2º Festival Internacional de Ecoperformance dá continuidade à missão transcultural de reunir artistas transdisciplinares que atuam em paisagens naturais, urbanas e virtuais para para investigar de forma ecopoética e ecoética as tensões de conflito e composição entre meio ambiente, corpo, memória e ancestralidade. Idealizado e dirigido pela coreógrafa brasileira Maura Baiocchi e organizado pela Taanteatro Companhia (São Paulo/Brasil), o festival recebeu 210 inscrições e selecionou 48 filmes (20 obras brasileiras) com duração limite de 25 minutos e realizados entre 2020 e 2022 por artistas de 26 países: Alemanha, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Croácia, Espanha, Estados Unidos, Filipinas, França, Grécia, Indonesia, Malásia, México, Mongólia, Noruega, Palestina, Polônia, Portugal, Rússia, Sérvia, Suíça, Taiwan, Ucrânia e Uruguay.

Diferentemente do 1º Festival Internacional de Ecoperformance, realizado em março de 2021, a nova edição não somente dará continuidade à transmissão on-line pelo Canal YouTube do Festival, mas inaugura uma parceria com o Cine Bijou, passando a integrar o calendário cultural internacional de São Paulo de forma presencial. Um outro salto qualitativo da segunda edição consiste no estabelecimento de um júri formado pela cineasta Paloma Rocha, o coordenador de projetos indígenas comunitários Marcello Kamaiurá, a diretora do Portal MUD e Museu da Dança, Talita Bretas, a doutora tailandesa de filosofia em Performing Arts e professora da Khon Kaen University, Or Kittikong, e o cineasta polonês Wojciech Olchowski. O júri selecionará três obras (1º, 2º e 3º lugares) para o Prêmio de Melhor Ecoperformance e três Menções honrosas. Os diplomas de premiação contam com a criação visual da pintora argentina Candelaria Silvestro

Durante o período da programação, o festival disponibilizará o e-book Ecoperformance, com artigos e depoimentos de artistas participantes da primeira edição do festival e organização de Wolfgang Pannek.

Parceira com Cine Bijou /Os Satyros

De acordo com a idealizadora, curadora e diretora do festival, MAURA BAIOCCHI: "Comparado à primeira edição do festival, em 2021, o número de inscrições para edição atual quase triplicou. O que chamou bastante a atenção, além do crescimento qualitativo na dramaturgia, fotografia, sonorização e edição, foi o aumento de produções LGBTQIA+. Desse segmento, 7 trabalhos entraram numa programação multiétnica e pluricultural composta de 48 trabalhos oriundos da América Latina, Europa, EUA, Canadá, Ásia e Austrália.Teremos 11 obras inéditas e esperamos que a exibição de 20 filmes brasileiros contribua para a visibilidade de artistas nacionais no exterior.”

“O Cine Bijou pretende ter uma ampla programação de audiovisual, quebrando as fronteiras entre o cinema e outras formas audiovisuais. Acreditamos que a parceria entre o Cine Bijou e a Taanteatro, com o Festival Internacional de Ecoperformance,, será uma excelente oportunidade para dinamizar as colaborações na área e trazer novos olhares sobre a produção cultural contemporânea”, afirma RODOLFO GARCÍA VÁZQUEZ”, produtor teatral, um dos fundadores dos Satyros e idealizador do Cine Bijou. “Com relação à nossa atuação no ambiente artístico e cultural da cidade, acredito que Os Satyros entendem a função do artista como um agente efetivo da vida social. Desde nosso começo, temos buscado dialogar com as questões mais tocantes da sociedade. E este festival muito nos alegra justamente por isso: por trazer questões fundamentais do mundo contemporâneo”, completa Rodolfo.

Para o produtor e organizador WOLFGANG PANNEK, ‘‘a parceria com o Cine Bijou consolida o Festival Internacional de Ecoperformance como parte do calendário cultural de São Paulo e sinaliza o reconhecimento da relevância social desse projeto voltado a unir artes performativas, cinema e meio ambiente. Salienta também a importância de cooperação artística para o desenvolvimento cultural, selada, nesse contexto, entre a Taanteatro Companhia e Os Satyros. Ambos os grupos, cada um a sua maneira, enriqueceram a vida artística municipal ao longo das últimas décadas. É fundamental o Festival Internacional de Ecoperformance estrear no território performativo mais vibrante de nossa cidade‘‘.

O que é Ecoperformance?  Veja Artigo – Ecoperformance: rumo à simbiocena

EQUIPE:
Ideia e direçã
o: Maura Baiocchi. Curadoria: Maura Baiocchi, Mônica Cristina Bernardes, Jorge Ndlozy. Júri: Paloma Rocha (Brasil), Marcello Kamaiurá (Brasil), Or Kittikong (Tailândia), Wojciech Olchowski (Polônia),Talita Bretas (Brasil). Assessoria de imprensa: Arte Plural – M. Fernanda Teixeira. Produção e organização: Wolfgang Pannek, Mônica Cristina Bernardes.

PROGRAMAÇÃO

- Para acessar foto, ficha técnica, sinopse e mini bio de cada filme, clique nos títulos - WEBSITE DO FESTIVAL

cid:image004.jpg@01D84DC7.98341390

Dia 28/04 – quinta – 19h30

ABERTURA - ECO[PO]ÉTICAS 1 + DEBATE COM CONVIDADOS
Raízes - Brasil - 9:03
Weird Works the Bridge - Noruega, Suiça, França - 26:38
Eco(ar) - voz em estado de derramamento - Brasil - 3:40
Va ce fuder - Sérvia - 2:01
Cenas de Corpo e Segredo - Brasil - 3:16
Sethico - Brasil - 14:22
Soy Semilla - Uruguai - 3:34
Tranzmutações Pandemikaz - Brasil - 18:16
Salto - Alemanha - 10:10

Dia 29/04 – sexta-feira – 19h

ECO[PO]ÉTICAS 2
Niimi s/he dances - Canadá - 9:27
Esgotamento Contínuo - Brasil - 23:58
Venus en el Pudridero - Chile - 6:00
Narrativas Espirais - Brasil - 12:32
Shapeshifting Games - Filipinas, Alemanha, EUA - 6:13
There are no words but I still wanna talk - Portugal - 6:58
The Labour of Panic - Croácia - 21:12
((In)flama o coração da América do Sul - Brasil - 1:27

 Dia 30/04 – sábado – 16h

ECO[PO]ÉTICAS 3
Ynstalação Cabokéticas: Corredora - Brasil - 17:59 min
E-410 - Catalonia - 2:41min
Tranquility - Mongólia - 3:08 min
Skin to Nature - Malásia - 5:00 min
A escrita secreta da Samaúma - Brasil - 20:48 min
Ftalo-Naranja - Argentina - 8:00
Distancias Mínimas: Configuraciones vastas - Argentina - 7:30
Terrestrial - EUA - 5:00 min
Telúrico Sonhar - Brasil - 8:32 min
Ané das Pedras - Brasil - 15:48 min

cid:image006.jpg@01D84DC7.98341390

Dia 30/04 – sábado – 18h

ECO[PO]ÉTICAS 4
A Primeira Casa - Brasil - 12:39
Homeland I - Grécia - 5:46
Corpoente - Brasil - 17:59
Harap Malindap- Indonésia - 5:42
Connections: laying out the terrain of multispecies justice - Espanha - 7:34
Avós do Brasil - Brasil - 11:07
Why this now? - Suiça - 22: 02
A Gota D'Agua - Brasil - 9:05

cid:image008.jpg@01D84DC7.98341390

 Dia 01/05 – domingo – 16h

ECO[PO]ÉTICAS 5
Music Thanatologist - USA - 3:45
Laniakea - México - 4:52
Two Cups of a Freedom to Drink Any Time - Catalunha - 13:11
Ogum's Story - Brasil - 8:11
Respiro - Brasil - 4:55

 

Voltar