× O ClickOnDance vai mudar! Em breve novidades sobre a nova experiência de aulas online que estamos preparando para você. Nosso portal segue com atualizações diárias e uma curadoria especial com dicas do mundo da dança. Acompanhe também nosso instagram: www.instagram.com/clickondance

16/05/2022 - "Cosmogonia Africana" no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro


Há cinco anos ocupando os palcos do Rio de Janeiro, o espetáculo de dança afro, “Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá” abre temporada para 2022 e entra em cartaz nos teatros da cidade carioca, com sessões gratuitas e classificação livre.

As primeiras apresentações acontecem no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro, na Tijuca, berço do importante projeto idealizado pela diretora, bailarina e professora de dança Aninha Catão. Com a finalidade de manter a interatividade com o público, o espetáculo também promove outras ações gratuitas: palestra sobre a cosmogonia iorubá, com Marcelo Monteiro (19/04), oficina de dança afro com Aninha Catão (21/4) e oficina de percussão, com Alexandre Munhra (22/4).

Sucesso de bilheteria pelo ineditismo em mostrar uma versão africana para o mito da criação do universo, o “big bang” no Cosmogonia Africana acontece de maneira singular. Ao som de tambores tocados por quatro músicos que representam os ogans dos tradicionais terreiros de Candomblé no Brasil, o grupo artístico Tambor de Cumba, liderado por Aninha e composto por mais sete bailarinos, retratam não só como as primeiras formas de vida surgiram a partir de elementos primordiais da natureza: o fogo, a terra, a água e o ar, como também as divindades iorubás, conhecidas como orixás – e esse é o diferencial que aguça tanto público em busca de conhecimento sobre histórias que valorizam a cultura afro-brasileira e a identidade da população negra no país.

Os gestuais e danças apresentadas pelos artistas, assim como o canto de Nina Rosa, são pontos encantadores que se interligam em diferentes momentos do espetáculo e provocam êxtase nos espectadores. Com uma equipe majoritariamente negra, o projeto tem a finalidade de combater o racismo tendo o cenário cultural e didático como aliados nesta causa. Após este primeiro momento, o espetáculo ainda realizará outras apresentações pela cidade, com a agenda de atividades disponíveis no Instagram @cosmogoniaafricana e no site oficial do Tambor de Cumba, https://www.tambordecumba.com/. O Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá é baseado no importante trabalho homônimo à iniciativa, desenvolvido por Marcelo Monteiro.

A grande importância de assistir o “Cosmogonia Africana – A Visão de Mundo do Povo Iorubá” é e a oportunidade de aprender sobre a história ancestral dos africanos escravizados aqui no Brasil.   O espetáculo tem o papel de evidenciar a existência de uma riqueza cultural magnífica, no Brasil, herdada do continente africano, em especial, do povo iorubá.

Foto: Márcio Nobre

SERVIÇO
Data
: 20, 21 e 22 de maio de 2022
Horário: 19h
Local: Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro
Rua José Higino, 115 – Tijuca
Ingresso: Gratuita
Classificação: Livre

Voltar