23/11/2018 - Fórum Internacional de Dança (FID) é realizado em MG


Os 23 anos do primeiro e mais importante festival independente de Belo Horizonte, o FID Fórum Internacional de Dança, vão surpreender. Em parceria com o programa IBERESCENA, FUNARTE e MINC, o evento será uma oportunidade única de assistir a espetáculos, fóruns, lançamento de livros e outras atividades. Avançando com a proposta de 2017, da criação de outras redes, o FID 2018 dedica-se ao aprofundamento de relações de reciprocidades, colaboração, solidariedade e intercâmbios focados em países da ibero-américa.

A programação destaca a rica produção de artistas do México, Argentina, Chile e Colômbia e de brasileiros do Distrito Federal e Minas Gerais. Além de espetáculos, o FID apresenta fóruns de discussões, reflexões e transmissão de conhecimento e saberes relacionados ao universo da dança e suas múltiplas relações. Um dos destaques do fórum será a participação da professora titular de Filosofia da UFMG, Lívia Guimarães, que vai compartilhar seu pensamento a respeito de entendimento de corpo. Outra presença que merece destaque é a de uma das figuras mais importantes na área de artes cênicas da América Latina, o colombiano Juan Pablo Ricauarte de Medellín. Ele se destaca pela atuação multidisciplinar como gestor cultural, idealizador da revista ATeatro, um dos produtores do Festival Latino Americano de Cádiz, responsável pelo Corredor Latino-americano de Teatro e pesquisador. Vale a pena ressaltar que os espetáculos também compõem a rica grade de atrações.

A artista e produtora cultural Adriana Banana, idealizadora do Fórum, compartilha a curadoria do FID com a coordenadora de comunicação do FID desde 2015, Carolina Silas; e também com a artista e gestora cultural Cristiane Oliveira, curadora convidada.  As apresentações selecionadas para o evento privilegiam a particularidade de cada uma das companhias como potência que expande a dança contemporânea a partir da região ibero-americana. A programação contará com ações gratuitas e outras com valor social, variando de R$ 2,00 a R$ 10,00.

Dança como plataforma de integração, cooperação e internacionalização

Desde a edição do ano passado, o FID trabalha pelo fortalecimento de sua plataforma para a internacionalização e incentivo à circulação de saberes, bens e serviços relacionados à dança no âmbito de Minas Gerais, Brasil e América Latina. E sua atuação segue crescendo a cada ano. Prova disso são as apresentações e convites que o FID recebeu. Todos eles resultantes da edição de 2017. Artistas mineiros já estiveram no Uruguai, Colômbia e outros países parceiros este ano. Além disso, já está em curso a cooperação técnica e artística entre Equipe do FID e do festival ENDANZANTE, da Colômbia. E já há programação prevista para 2019: o acervo de vídeos do FID, a FIDoteca, vai circular por Medellín, na Colômbia.

Outros destaques que reforçam a importância do FID são a apresentação de artistas brasileiros indicados para o festival ENDANZANTE de 2019; a realização de publicação com coordenação dos dois festivais e participação dos parceiros destes dois (eventos e organizações do Uruguai, Paraguai, Mali, Chile, Haiti, Suíça e de diversos Estados do Brasil, além das apresentações de outras companhias de dança da Colômbia no FID 2019).

 Sobre o Festival Internacional de Dança

O FID se destaca como o mais importante espaço de produção, debate e difusão da cadeia produtiva da dança, por onde circulam relevantes obras de artistas nacionais e internacionais. É reconhecido ainda por ter revolucionado a dança no Brasil ao trazer espetáculos audaciosos, como a Candoco Dance Company (Reino Unido) composta por cadeirantes, que foi uma das atrações da edição de 1996.

“Nesta edição, o foco será na difusão da dança como ferramenta estratégica de compartilhamento da cultura entre países ibero-americanos. A proposta do FID’18 é mostrar que a dança também pode contribuir de forma determinante para o desenvolvimento social em um mundo mais tolerante, equitativo, sustentável e humano”, destaca Caroline Silas.

Sobre a FIDoteca

FIDoteca, acervo de vídeos de todos os espetáculos já apresentados no FID, continua com prazo indeterminado no Centro Cultural Vila Santa Rita e no Acervo Artístico Literário/Sesc Palladium. A FIDoteca reúne os vídeos de dança mais ricos do país. O conteúdo está disponível gratuitamente para consultas durante todo o ano. Vale lembrar que se trata de um programa intinerante, tendo passado por Nova Lima (MG) e Belém (PARÁ). A iniciativa colabora com o processo de educação em dança e mantém viva sua memória.

Em 2019, a FIDoteca se internacionaliza indo para Colômbia, através das parcerias do FID em Medellíin/ Antioquia com o festival ENDANZANTE, a Cia de Dança Al Paso Escénico e a organização Tacita E Plata. Ainda em busca de apoio (para transporte e cópia de DVDs), a FIDoteca também pode partir para a África, no Mali; e para o Caribe, no Haiti.

Foto: Divulgação

 PROGRAMAÇÃO FID’2018

 24/11 – Sábado

18h30 
– Fórum Reciprocidades: “Manifesto Latinos sem Estômago”
– Carlos Castilian/Compañias El Club Minivenganzas y Menta Movement – “Ave Muxe” (MÉXICO) / Músico: Joaquín Jiménez -Sauma
– Leslie Apablaza – “De Luces Y Sombras” (CHILE)
Local: CCBDI – Centro de Cultura Bairro das Indústrias
Entrada Franca

01/12 – Sábado

20h    
– Fórum Reciprocidades: “Manifesto Latinos sem Estômago”
– Denise Fantini – “Matéria Prima” (ARGENTINA)
– Flaviane Lopes – “Ensaio para as almas” (BRASIL/MG)
Local: Teatro Marília
Valor: R$ 10,00 inteira/R$5,00 meia entrada

02/12 – Domingo

19h    
– Denise Fantini – “Matéria Prima” (ARGENTINA)
– Flaviane Lopes – “Ensaio para as almas” (BRASIL/MG)
Local: Teatro Marília
Valor: R$ 10,00 inteira/R$5,00 meia entrada

05/12 – Quarta-feira

15h20 
– Edson Beserra – “O Homem na Prancha” (BRASIL – DF)
Local: CCBB Centro Cultural Banco do Brasil – Teatros 1
Entrada Franca

19h    
– Al Paso Escénico/Johans Moreno – “Senectud” (COLÔMBIA)
Local: CCBB Centro Cultural Banco do Brasil – Teatros 2
Valor: R$ 10,00 inteira/R$5,00 meia entrada

20h     
– Edson Beserra – “O Homem na Prancha” (BRASIL – DF)
Local: CCBB Centro Cultural Banco do Brasil – Teatros 1
Valor: R$ 10,00 inteira/R$5,00 meia entrada

06/12 – Quinta-feira

14h às 17h     
– Fórum Reciprocidades: Redes Locais – Festivais e organizações de dança de Belo Horizonte  e região. Com participação Juan Pablo Ricaurte (Colômbia).
Local: CCBB Centro Cultural Banco do Brasil – Sala 2º andar
Entrada Franca

07/12 – Sexta-feira

19h às 21h30 
– Flaviane Lopes – videodança “Sinóvia”  (BRASIL – MG)
– Fórum Reciprocidades: Corpos Particulares, Danças em Expansão – Com Profa. Lívia Guimarães (Filosofia – UFMG) e Adriana Banana (Idealização/ Coord. Geral FID)
Local: Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias
Valor: R$ 4,00 inteira/ R$2,00 meia-entrada

08/12 – Sábado

17h às 21h30
– Flaviane Lopes (BRASIL – MG)“Ensaio para as almas” + videodança “Sinóvia”
–  Fórum Reciprocidades: conversa com Flaviane Lopes (BRASIL – MG) e Edson Beserra (BRASIL – DF) sobre suas criações e suas formas de fazer dança
– Palestra Gestão em Cultura como feito criador – Juan Pablo Ricaurte (COLÔMBIA)
Local: Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias
Valor: R$ 10,00 inteira/ R$5,00 meia-entrada

10/12 – Segunda-feira

19h às 21h30 
– Al Paso Escénico/ Johans Moreno – “Senectud” (COLÔMBIA)
– Lançamento da Revista que “A teatro” – edição dupla 22 e 23 – Juan Pablo Ricaurte (COLÔMBIA)
– Lançamento do Projeto Editorial Revista SURLREAL do FID (BRASIL) + ENDANZANTE (COLÔMBIA)      

Local: Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias
Valor: R$ 6,00 inteira/ R$3,00 meia-entrada

11/12 – Terça-feira

19h às 21h30 
– Al Paso Escénico/Johans Moreno – “Senectud” (COLÔMBIA)
– Fórum Reciprocidades: conversa com Johans Moreno/ Al Paso Escénico (COLÔMBIA).Como a cultura popular e tradicional colombiana vira dança contemporânea.
Local: Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias
Valor: R$ 6,00 inteira/ R$3,00 meia-entrada

13/12 – Quinta-feira

19h às 21h30 
– Multidanças – “EnCOMtro, ou práticas de sobrevivência em tempos de guerra” (BRASIL/MG)
– Fórum Reciprocidades: conversa com integrantes do grupo Multidanças
Local: Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias
Valor: R$ 10,00 inteira/ R$5,00 meia-entrada

14/12 – Sexta-feira

19h às 21h30 
– Multidanças – “EnCOMtro, ou práticas de sobrevivência em tempos de guerra” (BRASIL/MG)
– Fórum Reciprocidades: fechamento edição 2018 e pistas para sua continuidade.Com organizadoras do FID, parceiros, artistas, grupos participantes e público.
Local: Palácio das Artes – Sala Juvenal Dias
Valor: R$ 10,00 inteira / R$5,00 meia-entrada

SERVIÇO:

FID’2018 – De 24 de novembro a 14 de dezembro
Onde: Teatros e espaços culturais de Belo Horizonte
Saiba mais em: facebook: FIDBRrasil  - www.fid.com.br

Voltar