03/12/2018 - Oficina de House Dance com Vic Alves em Araxá/MG


O projeto E a Cor a Gente Imagina, de Victor Alves, bailarino e diretor da Laia Cia. de Danças Urbanas, e Oscar Capucho, ator, bailarino independente, cego desde os 9 anos e ex-integrante do grupo de teatro Nós Cegos foi contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018.

E a Cor a Gente Imagina aborda as diferenças e as relações entre o corpo cego e o que enxerga em um mundo predominantemente visual. Na performance, que conta com audiodescrição e interpretação em Libras, Victor Alves e Oscar Capucho trazem reflexões que reforçam a importância de tornar a acessibilidade algo mais presente no cotidiano

O projeto conta ainda com uma parte prática. A oficina Sensibilização Corporal com Oscar Capucho tem o objetivo de aguçar os sentidos além da visão e trabalhar a espacialidade por meio de elementos da dança e do teatro. Assim, as pessoas videntes que participarem utilizarão vendas nos olhos, pois é uma atividade pensada para pessoas cegas ou com baixa visão.

A segunda oficina, House Dance com Victor Alves, aborda o ritmo e a expressão corporais através de elementos das danças urbanas, com foco no estilo house dance. Podem participar jovens com idade a partir de 12 anos e experiência mínima de um ano em qualquer tipo de dança.

Foto: Facebook

SERVIÇO
Data:
08 de dezembro de 2018
Horário: das 9h às 10h30
Local: SESI Prof. Djalma Guimarães  
Rua Abrão José Bitar, 405 - Jardim Residencial Bela Vista.
Público alvo: Crianças a partir de 12 anos, jovens e adultos.
As Inscrições se encerram em 07/12/2018, às 23h59, ou no preenchimento das vagas.
Atividade gratuita.

Sobre  Victor Alves

Vic Alves é diretor e dançarino da Laia Cia. de Danças Urbanas, e professor e idealizador do Espaço Laia de Danças Urbanas. Desde 2003, participa de cursos livres com foco nas Danças Urbanas (Street Dance) e há aproximadamente 8 anos, amplia sua pesquisa abrangendo outras linguagens corporais.
De 2002 a 2014, integrou a Cia. Fusion de Danças Urbanas. Ao longo de sua trajetória teve a oportunidade de atuar com artistas de diferentes linguagens e participar de diversos festivais e eventos pelo Brasil.

 

 

 

Voltar