08/02/2019 - Sapatilha impressa em 3D não machuca pés de bailarinas


Após ver os pés calejados e machucados de uma amiga bailarina, a designer Hadar Neeman passou a se perguntar o que poderia ser feito para que, como outros calçados esportivos, as sapatilhas se tornassem mais confortáveis e eficientes. A solução veio através de uma impressora 3D, e o resultado é uma sapatilha mais leve e três vezes mais durável resistente.

A sapatilha de balett batizada de P-rouette é desenvolvida exclusivamente para o pé do bailarino ou bailarina. Para tanto, o primeiro passo é escancear o pé, o que pode ser feito através de um app de celular.  Em seguida, devolve-se o calçado em um programa de computador e, depois, sola e ponta da sapatilha são impressos.

Segundo a criadora, que está se formando na Bezalel Academy of Art and Design, tanta tecnologia reduz o risco de lesões para o dançarino e permite ao usuário dançar nas pontas dos pés com a mesma facilidade que andam com sapatos tradicionais.

 

Fonte: https://casavogue.globo.com

Voltar