06/05/2019 - "Tempestuosa Depressagem" - RJ


A montagem dialoga com a elementos da performance, da dança e das artes visuais para retratar o tema da Depressão com enfoque na população negra - especialmente as mulheres - que diante um contexto estruturalmente racista tem o problema silenciado e invisibilizado.

Para além das experiências da atriz e coreógrafa Flavia Souza, idealizadora do projeto, já acometida pela síndrome do pânico, a dramaturgia  traz relatos de outras pessoas que tiveram vivências semelhantes.

Tempestuosa Depressagem foi contemplado pelo I Prêmio Cultura Diversidade, da Secretaria Municipal da Cultura.

A direção é de Tatiana Tiburcio,  idealizadora do projeto Negro Olhar – Ciclo de Leituras Dramatizadas com Autores e Artistas Negros.

Sinopse

A performance propõe um diálogo sobre as subjetividades do ser humano a partir de um recorte racial. Com relatos em vídeo, música ao vivo, dança e interpretação, retrata as nuances e desdobramentos da Síndrome do Pânico e da Depressão com foco nas mulheres e suas dificuldades em identificar estas subjetividades da saúde mental.

Foto: Rui Zilnet

SERVIÇO 
"Tempestuosa Depressagem"
Data:
 17de maio
Horário: sexta -feira 19h30
Local: Teatro do Sesc  Engenho de Dentro 
Av. Amaro Cavalcante, 1661 – Engenho de Dentro/Rio de Janeiro
Ingresso: R$ 10,00  -  Meia Entrada: R$ 5,00  
Classificação indicativa: Livre
Duração: 30 minutos
Contato: 21 98583 9942

Ficha Técnica

Atuação, Texto e Coreografia: Flávia Souza 
Direção: Tatiana Tiburcio
Participação Especial: Daniela Gomes
Figurino: Nina Monteiro 
Iluminação: Zindi Gonzaga
Projeção: Ivan Karu
Sonoplastia: Dj Bieta
Divulgação: Naira Fernandes
Assessoria de Imprensa: Sandra Alencar
Fotografia: Rui  Zilnet

Intervenção Vídeo:

Roteiro e Direção: Flávia Souza 
Direção de Fotografia: Natália Rodrigues
Luz  e Som: Nathalia Sarro
Participantes do Vídeo: Rosane de Assis Barbosa, Xandy Carvalho, Profª Vanda Ferreira, Marta Oliveira, Gessica Justino, Ruth Pinheiro, Edmeire Exaltação e Rachel Nascimento

Sobre Flavia Souza

Atriz, cantora e coreógrafa, pesquisadora das expressões culturais afro-brasileiras com ênfase no Jongo. Idealizadora e coordenadora da Associação Cultural Grupo Afrolaje criada, em 2012, na zona norte do Rio. Em 2017 criou o MOVIMENCURE (Movimento que cura) com a proposta de pesquisar sobre a patologia da qual foi vítima (Síndrome do Pânico) a partir de ações pedagógicas e culturais. Ativista e integrante da Associação de Mulheres Negras Aqualtune e da Frente Nacional de Mulheres do Hip Hop. Atuou no musical 'Dona Ivone Lara – Um Sorriso Negro' (2018) e foi integrante, durante sete anos, da Cia dos Comuns.

 

Voltar