10/05/2019 - Como os óleos essenciais podem te ajudar na dança?


Muitas afirmações são feitas a respeito dos óleos essenciais, é fácil encontrar relatos sobre suas propriedades curativas e até, por vezes, sobre seus efeitos místicos e mágicos. Mas, olhando para além dessas muitas atribuições, por vezes exageradas, a respeito dos óleos, os especialistas acreditam que eles têm benefícios legítimos para oferecer mente e corpo.

Como os dançarinos podem tirar proveito de suas propriedades medicinais? A Dance Magazine conversou com Amy Galper, aromaterapeuta certificada e co-fundadora do Instituto de Estudos Aromáticos de Nova York:

O que são Óleos Essenciais?

Óleos essenciais são os extratos aromáticos de plantas que podem ser absorvidos pela corrente sanguínea ou inalados. Eles instigam uma parte do nosso cérebro a começar a produzir enzimas e proteínas. Assim, os óleos essenciais podem desencadear o apetite, a adrenalina, o sistema reprodutivo etc.

Como devemos usá-los?

Amy diz que podemos usá-lo como creme corporal, sal de banho para realizar tanto uma absorção do corpo como inalação do perfume.

Nós fomos em busca de mais informações e descobrimos que é muito comum o uso de difusores. Como o Aromatizador elétrico, colares aromatizadores, e até mesmo cerâmicas. No final da matéria deixaremos alguns links para você se aventurar por esse universo. :)

Agora vamos a parte mais interessante dessa matéria: quais são os melhores óleos para os bailarinos(as)?

Para reduzir a inflamação: tente uma combinação de hortelã-pimenta, que tem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias e camomila.

Para o estresse: Galper recomenda gerânio rosa, ou uma combinação de camomila e laranja.

Para pré-apresentação: Lavanda, que tem qualidades antibacterianas, sedativas e anti-inflamatórias, seria melhor para se acalmar antes de um espetáculo, diz Galper, e misturar com alecrim e laranja poderia ajudar os dançarinos a manter o foco enquanto acalma a mente.

Para relaxamento pós-apresentação: Para acalmar os músculos, experimente uma combinação de ylang ylang, lavanda e camomila. Ou misture lavanda e sálvia com manjerona, que é profundamente sedativa, diz Galper.

Para dor muscular: Galper recomenda misturar hortelã-pimenta, incenso e lavanda. A camomila romana também tem qualidades anti-espasmódicas e pode ajudar a aliviar dores.

Qual o melhor método de uso para dançarinos?

Se você está procurando uma entrega com penetração rápida antes de executar ou ensaiar, a Galper recomenda um gel, pois eles não são gordurosos e não interferem nos trajes nem na relação com o parceiro(a) de palco. Para uma experiência de óleo essencial pós-desempenho, tente adicionar óleos ao seu banho.

Erros comuns // o que não fazer:

A palavra "óleo" pode ser enganosa, diz Galper, porque os óleos essenciais não devem parecer gordurosos ao toque. Se forem, não são óleos essenciais reais e não devem ser usados. (Eles são chamados de óleos porque seu composto químico é tal que eles não se dissolvem na água.)

Não usar muito. Segundo a especialista, Amy Galper, uma gota geralmente é muito, e usar mais não fará com que funcione melhor.  Mais 20 quilos de planta podem ser usadas para criar uma pequena garrafa de óleo, então eles são extremamente potentes.

E não menos importante: nunca use óleos essenciais perto de uma ferida aberta ou perto dos olhos, nariz ou boca.

Gostou?

Quer saber mais e mergulhar no universo dos óleos?

Aqui vão alguns links:

https://bit.ly/2JcOald

https://bit.ly/309rtnf

https://bit.ly/2vRHjEY

Fonte: https://www.dancemagazine.com

 

 

Voltar