04/07/2019 - "Protocolo Elefante" - Grupo Cena 11 - SP


Com início da pesquisa em dezembro de 2014, Protocolo Elefante é a peça coreográfica que conclui o Projeto homônimo do Grupo Cena 11, de Florianópolis (SC). A cia evoca um réquiem-nascimento na tensão entre o esquecimento e novos futuros. Uma quietude cheia de gente, que insiste em perguntar: Porque continuar? A montagem é um ritual de descontinuidade e vestígio, é entender identidade como entropia. É propor um grupo compartilhando a solidão que nos define, investigar na ação de afastamento e isolamento do elefante na iminência de sua morte uma metáfora de separação e exílio.

Protocolo Elefante investiga na ação de afastamento e isolamento do elefante na iminência de sua morte uma metáfora de separação e exílio. Um questionamento sobre o modo como fatores contidos no ambiente ao qual pertencemos (pessoas, comportamentos, línguas, afetos, objetos e dispositivos relacionais de convívio) são afetados quando migramos a sós para um contexto diverso e distante destas familiaridades e simetrias do pertencer. O acionamento do sentimento de falta, produzido por este encontro assimétrico de identidades, é um importante objeto condutor para algumas perguntas chave que conduziram a pesquisa: O que é pertencer ou necessidade de pertencimento? Qual é a nossa definição de identidade?

SERVIÇO
Data: 13 de julho
Horário: sábado, às 20h
LocalSESC GUARULHOS
Rua Guilherme Lino dos Santos, nº 1.200, Jardim Flor do Campo, Guarulhos – SP
Horário de funcionamento: De terça a sexta, das 9h às 21h30. Sábados, das 9h às 20h e domingos e feriados, das 9h às 18h.
Telefone: (11) 2475-5550
Ingresso: R$17,00 / R$8,50 / R$5,00
Duração: 90 minutos.
Classificação etária: Não recomendado para menores de 16 anos.

Ficha Técnica

Criação, direção e coreografia: Alejandro Ahmed
Criação e performance: Adilso Machado, Aline Blasius, Edú Reis Neto, Hedra Rockenbach, Jussara Belchior, Karin Serafin, Kitty Katt, Luana Leite, Marcos Klann, Mariana Romagnani e Natascha Zacheo
Direção de trilha, iluminação e performance: Hedra Rockenbach

 

 

Voltar