16/04/2021 - O encontro da dança com o design


Billy Bell é reconhecido por sua passagem nas duas temporadas de "So You Think You Can Dance" e no Cedar Lake Contemporary Ballet, o show imersivo Sleep No More, José Navas / Compagnie Flak em Montreal. 

A maioria de nós aprendeu que nosso cérebro tem dois lados separados: o esquerdo executa tarefas com base na lógica, enquanto o direito é responsável por todas as coisas criativas. Geralmente, pensamos que uma de nossas metades é mais forte, mais dominante. Arte e ciência são caminhos naturalmente concorrentes - escolher um deve significar abandonar o outro.

Ai está o diferencial de Bell: ele aprendeu a ver as coisas de forma diferente.

Em 2014, ele se juntou ao elenco de Sleep No More e compareceu ao show todas as noites para estudar o espetáculo.

“ a cada outro show  eu esperava e observava os ambientes passarem por mim e observar a interação do público com o espaço”, diz ele. "E foi fascinante."

A maneira como a estrutura do espetáculo e o  formato do espaço afetavam a experiência dos artistas e do público tornou-se tão interessante para ele quanto as próprias danças. Ele viu como o movimento foi inspirado pela interação tangível com o set; dançarinos e multidões se empurravam para passar por portas ou subir escadas correndo. As cenas altas e enérgicas ocorrendo em uma área eram tão cativantes quanto o silêncio e quietude que pairava em uma sala próxima. “Mudou totalmente a maneira como eu percebia o desempenho”, diz ele. 

Esse despertar permitiu que seus interesses analíticos reacendessem dentro de um espaço da arte, e ele decidiu continuar atiçando essa chama. Ele havia voltado recentemente para a escola no Fashion Institute of Technology para se formar em publicidade e comunicação de marketing, com foco em apresentação visual e design de exposições, e decidiu continuar expandindo isso. Quando ele deixou o Sleep No More em 2016,  se mudou para a Geórgia para obter seu BFA em design de interiores, com foco em design de entretenimento temático da Savannah College of Art and Design.

Hoje, a empresa artística multidisciplinar de Bell, Cinereal Productions, produz seu próprio trabalho e também faz a curadoria de experiências imersivas, consultoria e colaboração com outras empresas de produção, design e marketing. A empresa concebeu e produziu The Unbrunch - uma experiência gastronômica envolvente e teatral que conduziu os hóspedes pelos cinco andares do Norwood Club de Nova York .

Recentemente, a carreira de Bell continuou por um caminho ainda menos convencional. Desde 2019, ele trabalha como designer de projetos e coreógrafo para a empresa de arquitetura ambiental WET (Water Entertainment Technologies). Ele programa o movimento da água e do fogo em espetáculos de grande escala, escrevendo códigos e combinando tecnologia com arquitetura para compor a experiência geral que uma exposição oferece. Projetos internacionais recentes incluem as celebrações de Ano Novo de 2020 e 2021 na Fonte de Dubai no Burj Khalifa, e o show Aquanura, no Parque Temático Efteling na Holanda.

"Quando você está coreografando em uma fonte, o equipamento em si é o seu dançarino. No entanto, esse dançarino, esse equipamento, está fixo no espaço. Não vai se mover. Então, trabalhamos com o que chamamos de 'expressões' - um simples jato d'água, um leque de água ", diz ele.

"Como coreógrafo, realmente aprendi que o público é bastante paciente, na verdade. Pensamos em desenvolver material para que o público não fique entediado."

Projetos grandiosos e etéreos se encaixam perfeitamente em uma estrutura calculada. Mais recentemente, ele aplicou isso misturando água, projeções e dança em uma série de videoclipes com Lachlan Turczan e Travis Chao para a artista indicada ao Grammy Phoebe Bridgers.

Em uma escala maior, tudo o que ele construiu é um meio de provar que os dançarinos são mais expansivos do que a maioria das pessoas pensa. 

Sua versatilidade permite que ele veja que as soluções artísticas podem ajudar a resolver os desafios de negócios. "Se você orientar um show de forma um pouco diferente, você pode ter mais pessoas naquele espaço, ou você pode ter mais rotatividade, ou pode ser redefinido mais rápido. Escolhas de design realmente claras podem afetar o negócio da arte."

Essa ideia de nunca ficar muito confortável e o impulso de desconstruir, retrabalhar e mudar de curso sempre pareceram naturais para Bell.

Gostou?

Esramos por aqui com novidades toda sexta-feira!

Acompanhe :)

 

Voltar