14/07/2021 - São Paulo Companhia de Dança lança episódios inéditos da websérie Brincar e Dançar nas férias escolares


São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, lança no mês de julho cinco novos episódios da segunda temporada de Brincar e Dançar, websérie que convida crianças e seus familiares a se reunirem para explorar a criatividade de forma divertida e lúdica. Paralelamente à chegada das férias escolares, os capítulos inéditos começam a ser apresentados neste sábado (17/7), às 13h, de modo gratuito, nos canais da SPCD no YouTube, no Facebook e Instagram.

A segunda temporada dá novas roupagens a brincadeiras populares do universo infantil, estimulando a imaginação e promovendo um momento de interação saudável entre todos que estão em casa. Ao longo dos episódios, os artistas da São Paulo Companhia de Dança comandam as atividades a partir de propostas da arte-educadora Márcia Strazzacappa, doutora em Artes pela Universidade de Paris e responsável pela concepção pedagógica do projeto.

Com trilha sonora original de Pipo Pegoraro, o segundo bloco desta segunda temporada de Brincar e Dançar contará com cinco episódios, sendo o primeiro deles lançado no dia 17 de julho. As estreias seguem de forma semanal, sempre aos sábados, às 13h. No YouTube, os episódios também estarão disponíveis com recursos de acessibilidade, como Libras, legendas em português e audiodescrição.

A segunda temporada de Brincar e Dançar tem sua produção viabilizada a partir da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio de Itaú, apoio de CDF e realização da Associação Pró-Dança/São Paulo Companhia de Dança, Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Secretaria Especial da Cultura (Ministério do Turismo, Governo Federal).

O projeto integra as ações do selo #SPCDdigital, com exibição nos canais da Companhia no YouTube (São Paulo Companhia de Dança), no Facebook (@spciadedanca) e no Instagram (@saopaulociadedanca).

Foto: O bailarino Otávio Portela │ Crédito da Foto: Rafaela Zavisch

SERVIÇO
Brincar e Dançar: Novos episódios da Segunda Temporada

Estreia: 03/07 (sábado)
Horário: 13h
Onde: Vídeo na íntegra nos canais da SPCD no YouTube (youtube.com/AudiovisualSPCD), Facebook (facebook.com/spciadedanca) e Instagram (instagram.com/saopaulociadedanca).

Programação de episódios:

Episódio 6 - Mestre mandar, não vou acatar
Data
: 17 de julho (sábado), às 13h
Responsável pela concepção pedagógica desta temporada de Brincar e Dançar, a arte-educadora Márcia Strazzacappa se une à pianista Rose Pavanelli e aos bailarinos da Companhia Luan Barcelos e Poliana Souza para transformar em dança esta clássica brincadeira na qual uma criança diz os comandos e a outra, em vez de obedecer, faz o extremo oposto.

Episódio 7 – O feijão da vovó
Data
: 24 de julho (sábado), às 13h
Sabe como transformar uma história em dança? A arte-educadora Márcia Strazzacappa, a pianista da SPCD Rose Pavanelli e os bailarinos Hiago Castro e Thamiris Prata mostram como fazer isso neste episódio no qual eles partem de uma deliciosa receita imaginária para trabalhar noções de coletividade e a percepção sobre o papel de cada um no todo.

Episódio 8 - Pular elástico
Data
: 31 de julho (sábado), às 13h
Neste episódio, os bailarinos da SPCD Alan Marques e Cecília Valadares se juntam à clown Dona Clotilde – alterego de Márcia Strazzacappa – e à professora-ensaiadora da Companhia, Duda Braz, para brincar um jogo no qual a criança deve pular de um lado para o outro entremeando um elástico ao mesmo tempo em que mantém o equilíbrio e vê a dificuldade do desafio aumentar pouco a pouco.

Episódio 9 - E se eu contasse essa história de outra forma?
Data
: 07 de agosto (sábado), às 13h
A arte-educadora Márcia Strazzacappa e os bailarinos da Companhia Luciana Davi e Otávio Portela usam a imaginação, partes do corpo e objetos comuns de casa para apresentar – e dançar - a clássica história de Os Três Porquinhos de um modo muito diferente e divertido.

Episódio 10 - Daqui pra lá, de lá pra cá
Data
: 14 de agosto (sábado), às 13h
No décimo e último episódio desta temporada, a professora-ensaiadora Duda Braz, os bailarinos Ana Roberta Teixeira e Vinícius Vieira, a pianista Rose Pavanelli e a arte-educadora Márcia Strazzacappa partem de objetos de casa e também de instrumentos musicais e de percussão para criar movimento e, com eles, produzir coreografias divertidas e muito dançantes.

SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA

Direção Artística e Executiva | Inês Bogéa

Criada em janeiro de 2008, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) é um corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, doutora em Artes, bailarina, documentarista e escritora. A São Paulo é uma Companhia de repertório, ou seja, realiza montagens de excelência artística, que incluem trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI de grandes peças clássicas e modernas a obras contemporâneas, especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais. A difusão da dança, produção e circulação de espetáculos é o núcleo principal de seu trabalho. A SPCD apresenta espetáculos de dança no Estado de São Paulo, no Brasil e no exterior e é hoje considerada uma das mais importantes companhias de dança da América Latina pela crítica especializada. Desde sua criação, já foi assistida por um público superior a 764 mil pessoas em 17 diferentes países, passando por cerca de 145 cidades em mais de 1.000 apresentações e acumulando mais de 30 prêmios nacionais e internacionais. Além da Difusão e Circulação de Espetáculos, a SPCD tem mais duas vertentes de ação: os Programas Educativos e de Sensibilização de Plateia e Registro e Memória da Dança.

INÊS BOGÉA - Direção Artística e Executiva | Inês Bogéa é doutora em Artes (Unicamp, 2007), bailarina, documentarista, escritora, professora no curso de especialização Arte na Educação: Teoria e Prática da Universidade de São Paulo (USP) e autora do “Por Dentro da Dança” com a São Paulo Companhia de Dança na Rádio CBN. De 1989 a 2001, foi bailarina do Grupo Corpo (Belo Horizonte). Foi crítica de dança da Folha de S. Paulo de 2001 a 2007. É autora de diversos livros infantis e organizadora de vários livros. Na área de arte-educação foi consultora da Escola de Teatro e Dança Fafi (2003-2004) e consultora do Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado (2007-2008). É autora de mais de quarenta documentários sobre dança.

Voltar