10/09/2021 - Dinah Perry lança série de curta-metragem inspirada em Dostoiévski em nove cenas


A coreógrafa e bailarina Dinah Perry apresenta um novo olhar para a arte e lança, no dia 10 de setembro, a série audiovisual Dostoiévski – em 9 cenas, pelo YouTube. São curtas-metragens com duração de pouco mais de um minuto cada, que serão lançados mensalmente, até maio de 2022.

A primeira cena pode ser conferida com acesso grátis (aqui) - Youtube/ThiagoSampaio. Os demais episódios serão disponibilizados no dia 10 de cada mês. O intérprete das cenas é o bailarino Rogério Maia, também coreógrafo e maitre de dança clássica e contemporânea.

Inspirados na obra de filósofo russo Fiódor M. Dostoiévski, os curtas produzidos por Dinah Perry abordam a dança com uma concepção diferente de seus demais trabalhos. “Em Dostoiévski a dança submerge no corpo, praticamente em repouso; a cena captada é o que mais se move pelos ângulos e movimentos de câmera, em um jogo que alterna sensações do impressionismo e do expressionismo”, explica a artista.

Com trilha sonora de Igor Stravinsky (“Orpheus”), Dostoiévski reflete sobre o desamor, o amor e a solidão no mundo contemporâneo. Segundo Dinah, a ideia surgiu para cumprir sua trajetória de criações e fundamentar sua estética, registrada no livro (digital) Fórmula de Técnica Autoral em Dança, na qual defende o processo de construção e desconstrução da arte cênica. “Eu quis aproveitar o momento de turbulências que vimemos no Brasil e no mundo para mostrar delicadezas, amor e sensibilidade pela ótica do cinema”, finaliza Dinah Perry. 

Foto: Rogério Maia em Dostoievski, de Dina ... -foto de Arnaldo J.G. Torres 

FICHA TÉCNICA / Dostoiévski 

Concepção, roteiro e direção: Dinah Perry. Intérprete: Rogério Maia. Assistência de imagem: William Mazzar e Thiago Sampaio. Fotografia: Arnaldo J.G. Torres. Edição: Thiago Sampaio. Diagramação: Patrícia C.A. Alessandri. Correção: Ricardo Liberal. Apoio cultural: Caixote Bar. Produção e realização: Dinah Perry. Duração total das 9 cenas: 15 minutos. Classificação: livre.

 

Voltar