10/09/2021 - Cia da aclamada Dalal Achcar retorna aos palcos com "Tempo para dançar", no Teatro Riachuelo


O BALLET DO RIO DE JANEIRO, DE DALAL ACHCAR, foi criado na década de 60   para expandir a dança por todo Brasil e ganhar visibilidade internacional, permitindo assim que o mundo descobrisse a potência artística da dança brasileira. O espetáculo “TEMPO PARA DANÇAR”, marca o retorno da cia às suas atividades e permite ao público descobrir jovens talentos brasileiros da atualidade da dança. Encenando clássicos e contemporâneos, a cia irá apresentar um espetáculo único, capaz de atingir um público amplo e variado. Como convidada, o espetáculo conta com a participação da artista Márcia Jaqueline, Primeira Bailarina do Theatro Municipal. As apresentações acontecem nos dias 11 e 12 de setembro, no Teatro Riachuelo Rio, um patrimônio cultural tombado, na Cinelândia, região central do Rio de Janeiro. Com apresentação do ministério do Turismo e Instituto Cultural Vale, uma produção AVENTURA, realização da Associação de Ballet do Rio de Janeiro e Governo Federal.

Dalal Achcar uma bailarina brasileira, que aprimorou seus conhecimentos em París, NY e Londres. Coreógrafa de grandes espetáculos, como do tradicional, e um dos mais montados em todo mundo, O Quebra Nozes. Foi ela quem criou o primeiro Curso Superior de Formação de Professores de Dança do Brasil, e quem trouxe os maiores nomes do Ballet Internacional e foi responsável por lançar a carreira de artistas brasileiros, tais como Ana Botafogo, Roberta Marques, Thiago Soares e Marcelo Gomes.

O Ballet do Rio de Janeiro, de Dalal Achcar, é a cia pioneira no incentivo a jovens bailarinos, abrindo caminho profissional para jovens de grande talento, escolhidos através de audições. No restrito mercado brasileiro a CBRJ oferece uma das melhores oportunidades para profissionalização e aprimoramento de jovens bailarinos, adquirindo experiência em seu próprio país.

TEMPO PARA DANÇAR – repertório

GENTE QUE PASSA
Música: Philip Glass / Coreografia: Éric Frédéric

VALSA SEM NOME
Música: Baden Powell / Coreografia: Ivonice Satie

AS HORAS
Música: Philip Glass/Montserrat Caballé / Coreografia: Éric Frédéric

IRMÃOS
Música:   Maurane (sobre um prelúdio de J. S. Bach) / Coreografia: Éric Frédéric

ARANJUEZ
Música: Joaquim Rodrigo / Coreografia: Éric Frédéric

VALSE À MILLE TEMPS
Música: Jacques Brel / Coreografia: Éric Frédéric

SLOW DANCE
Música: Boz Scaggs – Chie Ayado / Coreografia: Éric Frédéric

SHOGUM
Música: Milton Nascimento/Fernando Brant / Arranjo: Uakti / Coreografia: Ivonice Satie

SWING   SYMPHONY
Música:   Nino Rota – Wynton Marsalis / Coreografia: Éric Fréderic

FICHA TÉCNICA:
Diretora Artística – Dalal Achcar
Diretora Técnica – Mariza Estrella
Maître de Ballet e Coreógrafo – Eric Frederic
Professora, ensaiadora e remontadora – Elizabeth Alexandre

Bailarinos:
Beatriz Loureiro
Cristian Aguilar
Daniel Oliveira
Gabriel Martines
Gabriela Sisto
João Luis da Matta
Jônatas Itaparica
Lais Lourenço
Lívia de Castro
Maria Osório
Marlon Sales
Matheus Benevides
Tatiana Bezerra
Thaís Cabral
Trislane Martins
Victória Bellei Borges
Wallace Guimarães

SERVIÇO:

Datas: 11 e 12 de setembro
Horário: Sábado, 20h | Domingo, 18h
Local: TEATRO RIACHUELO RIO
Endereço: Rua do Passeio, 38/40 – Cinelândia – Rio de Janeiro
Ingressos:
Plateia VIP – R$60,00
Plateia e Balcão Nobre – R$40,00
Balcão Superior – R$20,00
Vendas onlinehttps://bileto.sympla.com.br/event/68764/d/107162
Duração: 1h40m com intervalo

Fonte: Sopa Cultural

Voltar