10/09/2021 - MOVIRIO: Festival de dança volta em setembro com nova programação


Considerado um dos maiores festivais de dança da América Latina, por extensão de dias e de sua pluralidade artística, MOVIRIO é um Festival de Dança e Movimento realizado anualmente, sediado na cidade do Rio de Janeiro e inspirado nos mais renomados festivais mundiais de artes cênicas e performances.

Em 2020, o MOVIRIO trouxe à cena as principais companhias de dança cariocas, agora, em 2021, o cenário mudou com a edição especial MÓVERÂO, que vai contar com uma programação variada. Confira a programação no site!

A criação artística, o intercâmbio, a diversidade e a formação de público são o mote do Festival que contou com uma ampla cadeia produtiva de aproximadamente 450 profissionais e técnicos envolvidos, gerando mais de 10 mil empregos diretos e indiretos. Desta forma, surgiram novas oportunidades para a comunidade local, o turismo, o comércio e diversos setores da economia.

“O MOVIRIO é um festival que visa o movimento, e num ano tão atípico e com tantos receios, ele veio pra afirmar que precisamos mais do que nunca nos manter em movimento, tanto no corpo como na mente. A saúde em primeiro lugar. Optamos por lugares abertos, para estar em conexão com a natureza e também para respirar novos ares. Transformamos as dificuldades em novas oportunidades”, diz o idealizador e diretor geral do Festival, Carlos Fontinelle.

 Com o objetivo e compromisso de promover a dança como expressão artística, o festival propicia o compartilhamento de experiências, além disso, incentiva o corpo da dança através das transversalidades do movimento.

O MOVIRIO estreou em 2018, e alcançou mais de 5.000 pessoas direta e indiretamente com sua programação em prol do fomento da dança carioca, ganhando visibilidade em vários setores da mídia e da sociedade. A partir de 2019, através do convite da Secretaria de Estado e Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, o Festival ampliou sua programação para 21 dias consecutivos, alcançando mais de um milhão de pessoas.

Fonte: Rota Cult

Voltar