15/10/2021 - 3 lições para educadores de dança que estão voltando para o estúdio


O novo documentário Can You Bring It: Bill T. Jones e D-Man in the Waters, dirigido por LeBlanc e Tom Hurwitz explora como uma dança responde à tragédia.

Este documentário pode servir como um recurso para educadores de dança darem as boas-vindas aos alunos. Can You Bring It é uma fonte de empatia radical, um testemunho do poder da dança durante grandes adversidades.

Abaixo listamos 3 dicas para usar a dança a seu favor em um momento delicado da "volta ao mundo normal": 

Use a dança para sofrer

A vida durante o COVID-19 foi uma fonte de inspiração para muitos alunos de coreografia. O documentário "Can You Bring It" mostra aos jovens criadores de hoje que eles não estão sozinhos. As pandemias são únicas, mas não são novas. A dor e o desespero da epidemia de AIDS são compartilhados em entrevistas com o elenco original. As danças são recipientes para sentir.

Construir Comunidade

Em resposta à pergunta do desespero, um aluno responde com um conflito pessoal. LeBlanc recua, pedindo-lhes que pensem no "nós", não no "eu". Fazer parte de um "nós", estar em comunidade, é algo que muitos alunos e professores podem precisar reaprender após 17 meses de isolamento. Compartilhar espaço significa algo diferente em 2021. Fazer dança após o coronavírus parece menos solitário.

A coreografia do D-Man in the Waters evoluiu a partir de improvisações em grupo. Enquanto a empresa lamentava a morte de Zane, eles se reuniram, dançaram juntos, criaram juntos. Jones descreve a dança como uma exploração de "o que é preciso para viver". O movimento tem sucesso onde as palavras falham. Dançar juntos vai continuar seja online, pessoalmente ou híbrido. Este documentário é uma master class sobre dança como forma de processar o luto. Você pode trazer isso: Bill T. Jones e D-Man in the Waters ensinam que o que é preciso para viver é estar junto.

Abra espaço para falar do trauma

Permita-se sentir, acolha seus sentimentos. 

Para assistir o trailer, acesse: https://youtu.be/zvdqTFNCUwc

Fonte: dancemagazine.com


 

Voltar