17/12/2021 - Para além da dança: como ser um educador que transforma vidas


George Balanchine é reconhecido como o coreógrafo que revolucionou o pensamento e visão sobre a dança no mundo, sendo responsável pela fusão dos conceitos modernos com as idéias tradicionais do balé clássico, o verdadeiro criador do bailado contemporâneo e um dos maiores influenciadores dos mestres da dança de nossos dias. 

Não só isso, George era um educador incrível e deixou um legado na forma de ensinar para grandes nomes da dança como: Jacques d’Amboise, Edward Villella and Arthur Mitchell - todos do New York City Ballet. Eles contam algumas características do seu mestre que levaram para a vida e tornaram o processo de aprendizagem mais leve e prazeroso. 

Seja gentil 

Cada um descreveu como as boas maneiras e a elegância de Balanchine - em todos os ambientes, não apenas na sala de aula - passaram para eles quando eram jovens. “Balanchine simboliza o rei no trono, que também era modesto”, disse d'Amboise. Se ele estivesse sentado à mesa da sala de jantar e você passasse por ele, d’Amboise continuou, ele se levantaria e cumprimentaria você. “Ele sempre foi um cavalheiro”, disse Mitchell. “Ele se preocupava com a elegância e a simplicidade das coisas”, acrescentou Villella.

Lembre-se - seus companheiros de dança e professores são sua família

Portanto, deixar o ego de lado é fundamental. Apoiem uns aos outros. Admita seus erros.

Livre-se do que não for necessário

Villella se lembrou de uma conversa que teve com o Sr. B. quando ele estava coreografando Apollo. Balanchine confessou a Villella que foi a primeira vez que ele percebeu que tinha mais material do que precisava. A maioria dos coreógrafos está desesperada para encontrar os passos certos ou inspiração. Parte da genialidade de Balanchine era usar o que funcionava e abrir mão do que não funcionava.

Fonte: dance-teacher.com 

 

 

Voltar